segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Script para desligar gráfica primária (poupar bateria do portátil no linux)

Boas mais uma vez,
Quem navega pela área da informática ou apenas se sente um pouco limitado com o que o windows oferece já se deve ter deparado com o linux. Por exemplo na sua distribuição mais conhecida dos portugueses, o ubuntu, o linux mint, ou mesmo a distribuição portuguesa, o caixa mágica.
Sou utilizador do linux já com uns anos de casa e há algum tempo troquei de portátil e deparei me com o seguinte: o meu portátil aquecia mesmo sem estar a efectuar grandes operações. Cheguei à conclusão após alguma pesquisa que se deve em parte ao facto de o sistema operativo usar um sistema de gráficos híbrido em que  mantém ambos os dispositivos gráficos ligados mas apenas usa um deles conforme as necessidades.
Uma maneira de poupar alguma bateria e reduzir ao aquecimento do pc é desligar a gráfica de alto desempenho.
Para isso procurei um pouco e decidi dar uma ajuda aqui aos tugas:

O script criado desliga automaticamente a vossa gráfica de alto rendimento. Em caso de as alterações não entrarem em vigor instantaneamente devem reiniciar o lightdm. Atenção para guardarem os trabalhos em curso antes desse passo.
Para verificar o estado basta seguir os passos do script e em caso de dúvida correr duas vezes o script para ver alterações.

Limitações do script:
-deve ser usado em modo de superuser (sudo....)
 -apenas reinicia o modo  gráfico automaticamente caso ele seja o lightdm (ubuntu), caso contrário te-lo-ão de fazer á mão.

Nota: Este script destina-se a pcs com uma gráfica embebida no cpu e uma outra externa como acontece nos i5/i7 com uma gráfica proprietária e uma intel hdxxx.

Obrigado pelo interesse e caso desejem podem ver e modificar o conteúdo do script pois pode ser aberto como texto. ;)

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

O ansiado Mozilla Phone chega finalmente

Depois de em 2010 terem sido publicados cá no blogue as fotos do concept da Mozilla, o famoso seabird, que tinha tanto de inovador como de incomodamente dispendioso, não só em termos de custo monetário mas também do esforço abusado da bateria, chegou aos mercados, ou pelo menos em mercados restritos para developers e curiosos.
Contudo as expectativas geradas eram tão altas que o smartphone que deveria competir de igual para igual com os gigantes dos sistemas móveis como o iOS e o Android, deixa um tremendo sabor amargo em todos os que, como eu esperavam um telemóvel que se batesse pelos atributos e não pelo preço (59 euros na loja  da ZTE no ebay US ou UK).
Embora o preço possa parecer atrativo este apenas reflete um telemovel com características demasiado medíocres como um processador 1Ghz single core, câmara de 3.2Mpx,  ecrã de 3.5 polegadas, 512 MB de ROM e 256 de RAM em ambos os modelos. (ZTE Open e Alcatel One Touch Fire) [Fonte:gsmarena]
Fica o aspeto do novo ZTE Open:
Fonte: Mozilla Blog
O que acham deste novo smatphone? Conseguirá primar pelo desempenho e/ou fiabilidade ou será apenas o esforço vago para criar mais um OS para dispositivos móveis que se revelam um autêntico BADA ou MAEMO, ou tantos outros?


quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Entrevista de emprego? 5 ideias para a espera

És jovem e ainda nada acostumado a uma entrevista de emprego, provavelmente foste à primeira entrevista de emprego da tua vida e o teu futuro depende desta entrevista.
É realmente um stress, o tempo parece nem passar, parece que as pessoas te mandam mais mensagens e te ligam mais porque cada telefonema que recebes parece que te leva a um estado de êxtase e desespero, mas não, não é da entrevista.
Começas a pensar: o que fazer para deixar de lado o stress da espera e voltar a ser uma pessoa normal, em seus afazeres. Deixo aqui algumas soluções que podem ser sempre úteis para quem passa por essa fase da vida.

1- Ouvir música: a música é relaxante e realmente pode ser a diferença entre uma espera em stress e uma espera em paranóia. (stress é perfeitamente normal)
A música leva te a sítios diferentes, leva te a pensar mais no que podes fazer, no que não fazes, faz esquecer ou recordar, faz pelo menos com que aquele pé de chumbo até queira mexer um bocado e se souberes tocar um instrumento porque não? Força.



2- Jogging: quer seja sozinho ou acompanhado, seja seguido por um outro desporto ou mesmo que seja uma caminhada, um momento para correr é extremamente compensador. Pode-se explicar isso devido a uma série de ações do nosso metabolismo mas se calhar basta referir que umas horas longe do PC ou telemóvel bastam para nos dar uma outra sensação de  conforto.



3- Trabalhar: parece um contra senso mas trabalhar um pouco também nos abstrai. Talvez o ideal fosse mesmo canalizar todos os nossos "se" , "mas", "quando", "caso fique", para algo mais produtivo como dar uma vista de olhos nos nossos projetos antigos e dar-lhes um ligeiro upgrade. Pode até ser útil para o futuro possível emprego.



4- Passear: seja na natureza, na praia ou na esplanada, o dia pode sempre render uns minutos interessantes se acabar por nos levar a um destes sítios. E, como o melhor remédio é um sorriso porque não juntar os amigos e passar soltar alguns sorrisos, bastantes gargalhadas e a espera torna-se bem mais agradável.



5- Escrever: as redes sociais já não te dão aquela pica, aquele jogo parvo que jogavas já nem te faz dar ao trabalho de tentar passar de nivel ou mandar pedidos para avançar... Bem, essa é a dica para perder um tempinho e registar tudo  em texto, em foto, ou em vídeo. O que interessa é expressares-te, é por em registo o que te vai na alma. é esquecer por momentos que te candidatas a algo e pensar que já há algoe em que até tens o teu talento.



Eu escolhi escrever aqui, e tu que fazes para te ajudar a esperar?